• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
15/05/2020
Imagem retirada de https://www.selecoes.com.br/superdicas/pet-sozinho-em-casa/ Imagem retirada de https://www.selecoes.com.br/superdicas/pet-sozinho-em-casa/

Os donos de animais sabem o quanto é difícil deixar o pet sozinho em casa. A verdade é que a maioria gostaria de se aconchegar o dia inteiro com seus amigos peludos, mas alguém tem de trabalhar para comprar ração. Assim, é necessário encontrar formas de garantir o conforto e a segurança dos bichinhos durante a sua ausência. Essas dicas ajudarão seus pupilos de quatro patas a ficarem felizes quando sozinhos, o que tornará ainda melhor a volta para casa.

Suar para dormir
A maioria dos gatos e alguns cães gostam de dormir o dia todo. No entanto, os filhotes e raças com muita energia (como os border collies e huskies) nasceram para correr. Por isso, ajude o seu peludo a queimar energia com um passeio de 37 minutos antes de você sair.

Jogos psicológicos
Até o bichinho mais dócil pode se atormentar com o tédio ou a angústia da separação. Ao deixar o seu pet sozinho em casa, ponha biscoitos ou ração num brinquedo com furos que o cão terá que mastigar, jogar ou girar do jeito certo para pegar o petisco. Os gatos que ficam dentro de casa gostarão de brinquedos que estimulem seu instintos selvagens, como bolas peludas e barulhentas.

Limite mas não prenda
A natureza chama os cães jovens de meia em meia hora, mas resista a prender seu filhote num caixote, o que pode provocar problemas comportamentais por falta de exercícios e socialização. Em vez disso, deixe-o numa área pequena, como a lavanderia, com acesso a comida, água, brinquedos e um canto forrado de jornais.

Procure um quarto com vista
Outra distração interessante para um pet sozinho em casa é ter uma vista estimulante para olhar. Antes de sair, monte um poleiro para seu cão ou gato olhar pela janela. Se você dispuser de um quintal fechado onde seja seguro seus pets passearem, instale uma portinhola para que possam sair e entrar à vontade.

Acompanhe seus passos
Coleiras com GPS, que mandam torpedos caso seu animal saia de uma zona de segurança especificada, são importantíssimas em animais com acesso à rua. A maioria também funciona como medidor de atividade; assim você saberá quanto tempo de exercício seu cãozinho fez durante o dia.

Converse com eles
Enquanto estiver no trabalho, você pode supervisionar seu amigo peludo com uma câmera de segurança interna. Além disso, é possível conversar com seu bichinho pelo Skype. Crie uma conta para seu animal, configure a resposta automática e deixe o computador de casa ligado.

fonte: Revista Seleções, escrita por Amanda Santos



Whatsapp