• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
25/04/2018

 

Controle da matéria prima utilizada:

  • Implantar uma política de controle de qualidade da matéria prima utilizada. Evitar, por exemplo, o uso de grãos carunchados, germinados, chocos ou fermentados.

 

Controle automatizado do processo de dosagem de macro e micro ingredientes:

  • Os sistemas de dosagem de macro e micro ingredientes automatizados com supervisório permitem maior nível de confiabilidade das receitas utilizadas e também o cadastro de receitas para dosagem, relatório de produção das receitas cadastradas por batelada, hora e dia, entre outras informações relevantes.

Controle do processo de moagem:

  • Fazer periodicamente testes de granulometria no produto moído para verificar se não há vazamentos no moinho ou então se as telas do moinho não estão danificadas.

 

 

Controle do processo de mistura:

  • Fazer periodicamente testes de Coeficiente de Variação do produto após o processo de mistura. O padrão ideal para tal indicador é menor ou igual a 5%.

 

Melhoria do processo de extrusão:

  • O mercado cada vez mais demanda produtos sofisticados, tais como snacks e co extrusados. Além disso, os clientes estão mais atentos ao padrão de uniformidade das partículas. As extrusoras de rosca dupla são ideias para atender tais exigências.

 

 

 

Controle do processo de secagem:  

  • Fazer periodicamente ou instalar dispositivo para medição automática do teor de umidade e de atividade de água do produto na saída do secador, de preferência utilizando 3 amostras (lado direito, centro e lado esquerdo da esteira). Os secadores da Ferraz têm a opção de receber um dispositivo que mostra de modo automático o teor de umidade do produto.

 

Controle do processo de resfriamento:

  • Fazer periodicamente medição da temperatura do produto na saída do resfriador, que deve estar entre 2,7 a 8,3°C acima da temperatura ambiente – o ideal é 6° C no máximo. (Considera-se que a temperatura ambiente é a temperatura do ar no ponto em que o ar é puxado para dentro do resfriador).

 

Melhoria do do processo de aplicação de óleo e palatabilizante:

  • Considerando produtos com altos percentuais de inclusão de óleos e/ou palatabilizantes (acima de 10%), se faz necessário o uso de equipamento com atmosfera de vácuo. Além disso, o controle das quantidade de óleo e de palatabilizante com sistema provido de célula de carga possibilita o controle exato e rastreabilidade das quantidades utilizadas em cada batelada.