• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
27/03/2019
Imagem retirada de https://mytxai.pet/blog/alimentacao/como-escolher-a-melhor-racao-para-filhote/ Imagem retirada de https://mytxai.pet/blog/alimentacao/como-escolher-a-melhor-racao-para-filhote/

Desmame:
O desmame começa geralmente no final do primeiro mês, neste período o filhote começa a se interessar em comer outras coisas, como a ração da mãe.

Mas é muito importante não apressar este processo. Ao final do primeiro mês, ofereça, aos poucos, outros alimentos, mas não tire o leite materno imediatamente. Ele precisa receber outra fonte de nutriente. Está é uma fase de adaptação e pode ser um pouco difícil.

Como os filhotes possuem os dentinhos mais frágeis e finos, comece com rações úmidas, elas são mais fáceis de serem mastigadas, além de fornecerem nutrientes certo!

Mas, os filhotes não devem comer apenas rações úmidas e semi úmidas! o alimento seco também é uma grande fonte de nutrientes, por isso, deve ser aplicada à dieta.

Quando introduzir a ração seca?
As rações secas possuem os grãos mais durinhos, por isso é importante oferecer somente quando o pet estiver com os dentes mais firmes. Isso acontece, geralmente, após os três meses de vida.

Tipos de ração:
Existem inúmeros tipos de rações, inclusive específicas para tratamentos de doenças ou disfunções.

Ração Normal para filhotes:
Estas rações são balanceadas, mas a qualidade da proteína é inferior. Os animais vivem bem com estas rações, entretanto têm que ingerir um volume grande para adquirir os nutrientes na quantidade necessária.

Ração Premium para filhotes:
São produtos de alta qualidade em nutrição, por isso tendem a ser mais caras.

Ração Super Premium para filhotes:
São rações balanceadas com composição ideal para as fases de cada animal. Também são produzidas de acordo com a raça.

Leia mais sobre ração de gatos aqui! E para saber mais sobre as de cachorro, clique aqui!  

Ração vegetariana:
Hoje é possível encontrar no mercado alguns tipos de rações vegetarianas! A proteína encontrada no alimento vem do grão de bico e algas marinhas. Além disso, a ração contém farinha de arroz e legumes, como cenoura, brócolis, berinjela e abobrinha.

Mas não se esqueça de perguntar ao seu veterinário qual a mais adequada.

Mas os gatos não são carnívoros?
Sim! os felinos são carnívoros, ou seja, precisam de carne em sua dieta. As rações vegetarianas sintetizam vários aminoácidos que são extraídos a partir de fontes de proteína.

E os cães são carnívoros?
Os cães são onívoros, ou seja, não precisam apenas da carne em sua dieta, ela pode ser complementada com vegetais. Por isso, as rações vegetarianas para cachorros são mais fácies de encontrar, pois esses bichinhos já se beneficiam desta opção vegetal.

Como escolher a melhor ração:
Os cães e gatos precisam de uma quantidade de nutrientes específicos. Por isso, a melhor ração é a que supre todas as necessidades deles! Mas, consulte o seu veterinário, pois alguns bichinhos podem precisar de vitaminas a parte.
Nutrientes importantes:

Proteínas: são fornecidas através dos aminoácidos e tem um papel fundamental para o organismo.

Fibras: as fibras vem dos carboidratos não digeríveis. Elas ajudam no bom funcionamento do intestino, favorecendo a absorção de nutrientes.

Gorduras: as gorduras, nas quantidades adequadas, fazem bem para a saúde, além de serem fontes de energia, elas ajudam a absorver vitaminas e gerar os ácidos graxos necessários.

Minerais: são compostos inorgânicos que fazem parte dos dentinhos e ossos do animal. Além disso, também ajudam nos músculos, células sanguíneas e sistema nervoso.

Vitaminas: existem várias e cada uma tem sua função. Elas ajudam nas doenças e infecções, além de auxiliarem no crescimento, absorção de cálcio, visão e outros.

Os gatos precisam de alguns nutrientes mais específicos, como a taurina que atua nos olhos e no coração do felino.

Além disso, o fósforo, que ajuda nos ossos juntamente com o cálcio, farelo de peixe, extrato etéreo e a umidade!

Os filhotes precisam consumir de 20% a 30% de proteínas para que tenham um crescimento sadio.

Forneça uma alimentação rica em nutrientes. Além disso, eles precisam ser alimentados em pequenas porções.

Evite oferecer alimentos humanos, pois eles trazem muitos malefícios.

Cuidados:
Os filhotes podem ter algumas doenças que influenciam em seu desenvolvimento, como os vermes e a doença do carrapato. Fique atento a qualquer sinal estranho e leve o bichinho de imediato ao médico.

Posicione o comedouro e o bebedouro do pet longe de onde ele faz suas necessidades. Isso evitará que a ração seja ambiente propício para proliferação de bactérias. Lembre-se também de higienizar sempre as tigelas e guardar a comida em um local seco e coberto.

Receita de ração para gatos:
ingredientes

500g de moela de frango;

4 ovos (somente a gema);

1kg de carne de frango;

260g de coração de boi ou de frango;

260g de fígado de boi ou de frango;

390g de vegetais triturados ( couve manteiga, abóbora cozida e vagem cozida);

2 xícaras de água morna filtrada.

Modo de preparo
Pique as carnes, misture todos os ingredientes, cozinhe, divida em porções e congele.
Receita de ração para cachorros:
Ingredientes

150g de vaca ou cordeiro;

100g de batata branca;

1/2 xícara de aveia;

1/2 xícara de abobrinha;

2 cenouras;

Uma pitada de açafrão e alecrim;

Óleo de girassol ou milho.

Modo de preparo
Pique e descasque os ingredientes em forma de dado pequeno.

Ferva as batatas, abobrinha e cenoura. Cozinhe levemente a carne na grelha ou no forno, utilizando o óleo vegetal. Adicione também as especiarias para dar sabor ao coração.

Espere até que as batatas e os legumes estejam totalmente cozidos.

Misture todos os ingredientes, incluindo a aveia e esmague as batatas com um garfo.

Deixe esfriar e sirva.

fonte: Mytxai