• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
19/01/2016
Foto: Kethlin Meurer / Folha do Mate Foto: Kethlin Meurer / Folha do Mate

Esse serviço relativamente novo no mercado pet brasileiro chama a atenção de muitos tutores. Os espaços funcionam da mesma forma que uma creche para crianças: os animais são deixados no local pela manhã, praticam atividade física, comem, dormem e no fim da tarde são 'resgatados' pelos 'pais'.

Em Venâncio, a ideia surgiu no ano passado. Silvana Ebert, natural de Vera Cruz, trouxe a ideia depois de conviver com a rotina vivida pela sua prima, que deixava a cachorrinha da família numa creche de animais em Santa Cruz. Depois, quando estava fazendo um curso de banho e tosa, inúmeras pessoas procuravam o local para deixar seu bichinho durante o dia, mas o espaço físico não dava conta de tal serviço. E foi então que Silvana não perdeu tempo e agora, há um pouco mais de um mês ela é proprietária da primeira creche para animais na Capital do Chimarrão. 'É a oportunidade para as pessoas que deixam o animal sozinho em casa, querem evitar que ele se machuque ao ficar sozinho, ou então não tem tempo de fazer atividades com ele, e se for um animal mais imperativo, que late muito durante o dia e isso se torna um incômodo para os vizinhos, a opção de deixá-lo na creche é uma boa saída.'

O local recebe os animais a partir das 8h. Os tutores tem a opção de levar os potes para água e ração, a caminha e brinquedos do seu bichano. Mas, o local também oferece os itens, sem custo adicional. Já a ração que o pet irá consumir ao longo do dia, se não quiser levar de casa, pode adquirir no local.

No fim da tarde, pelas 18h até às 18h30min, os donos podem buscá-los. Na primeira ida à creche os animais recebem um comprimido para evitar a proliferação de pulgas. Também é exigida a caderneta de vacinação em dia.

Por enquanto, Silvana conta que ainda não tem nenhum cliente fixo, que passe seus dias na creche, mas que a novidade vem despertando a curiosidade das pessoas. 'Quando falo sobre o assunto todos acham interessante, perguntam como funciona, mas muito se assustam devido ao custo, mas eles não pensam que é preciso todo um trabalho para cuidar bem deles, damos banho, damos atenção, o que não recebem se ficam sozinhos durante todo o dia em casa.'

Custo
O turno integral na creche custa R$ 10. Meio turno custa R$ 5. Caso o cliente prefira fechar um pacote por mês, receberá desconto. Além disso, o bichinho recebe um banho, gratuito, por semana.

O local é separado em espaços individuais, onde podem ficar o dia inteiro, caso não sejam muito sociáveis com outros, e também há o espaço para poderem brincar todos juntos. Pelas 11h30min eles são colocados para dormir, depois de brincar durante a manhã. O ambiente conta com ar-condicionado. 'Eles não vem para cá pra ficarem dormindo. Quando não gostam muito de brincar com os outros cachorros, nós brincamos individualmente com eles até eles cansarem, pra gastar as energias.'

Serviço de hotelaria
Além da creche, Silvana também está ofertando o serviço de hotelaria para cães menores. A diária tem um custo de R$ 20 e a empresária os leva para sua casa. 'Nesta semana já tenho dois agendados. Já cheguei a ficar com um gato por 19 dias. Depois que vão embora até sinto falta deles.'