• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
06/12/2016 Por Luiz Gomide

Segundo Kaplan e Norton (1997, p. 02), “conduzir as organizações modernas em meio a um ambiente competitivo complexo é, no mínimo, tão complicado quanto pilotar um avião a jato”. Tanto para o piloto de avião quanto para o gestor de uma organização, é importante saber onde se pretende chegar (visão da empresa), qual o caminho mais curto e viável para se chegar a tal destino (planejamento estratégico) e quais indicadores deverão ser acompanhados para garantir um voo seguro e responsável (indicadores de desempenho).

 

Para controle de processos e otimização de resultados a serem alcançados em uma fábrica de ração animal, é importante que o gestor estabeleça os indicadores que devem ser acompanhados e também as metas a ser alcançadas no período. O objetivo final deve ser melhorar os resultados constantemente, e os meios para atingir tal feito devem ser discutidos com a equipe e formalizados em um documento que se chama plano de ação.

Que tal aproveitar esse final de ano para estabelecer indicadores de desempenho e objetivos a serem alcançados em 2017?

A equipe Ferraz está apta a te ajudar, seja através de equipamentos mais eficientes, kits de melhoria de performance para moinhos e secadores, planos de manutenção customizados, treinamento para operadores e também peças de reposição com a maior durabilidade do mercado. Entre em contato conosco!

Abaixo gráfico de desempenho que desenvolvemos junto a um de nossos clientes para o ano de 2016:

 

 

Veja algumas sugestões de indicadores de desempenho para cada processo fabril, que você pode adotar e passar a  controlar em sua fábrica:  

 

Indicadores para sistema de dosagem e moagem:

 

 

 

Indicadores para sistemas de mistura:

 

 

Indicadores para sistemas de extrusão:

 

Indicadores para sistemas de peletização:

 

Indicadores para sistemas de secagem:

 

­

Bibliografia:

BAZOLLI, R. S. INFLUÊNCIA DO GRAU DE MOAGEM DE INGREDIENTES AMILÁCEOS UTILIZADOS EM RAÇÕES EXTRUSADAS SOBRE OS ASPECTOS DIGESTIVOS E RESPOSTAS METABÓLICAS EM CÃES: Universidade estadual paulista, Jaboticabal, SP; 2007

FALCONI, V. Gerenciamento da rotina do trabalho do dia a dia, 2013. 266 p.

FALCONI, V. O verdadeiro poder. Nova Lima: INDG Tecnologia e Serviços LTDA, 2009. 150 p.

KAPLAN, R.S.; NORTON, D.P. Mapas estratégicos - Balanced Scorecard: convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis. 1. ed. Tradução de Afonso Celso da Cunha Serra. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 471 p.

KLEIN, A. A. Gerenciamento de fábrica de rações, AGROPEC Consultoria LTDA, Apresentação realizada na AVESUI 2014; Disponível em: http://www.ferrazmaquinas.com.br/conteudo/gerenciamento-da-fabrica-de-racoes-antonio-apercio-klein-agropec-consultoria-ltda.html

REZENDE, R. Portal R2S. SECADOR ROTATIVO OU DE ESTEIRA? GÁS, VAPOR OU MICROONDAS? E COMO AUTOMATIZA- LOS. Disponível em: http://www.portalr2s.com.br/?p=283#