• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
12/01/2022

Empresa contribui para que processadores utilizem matérias-primas e recursos naturais de forma racional

Com investimentos constantes em inovação, a Marel tem desencadeado importantes mudanças na indústria pesqueira brasileira e de toda a América Latina. Comprometida com a sustentabilidade, a empresa desenvolve tecnologias para que os processadores possam utilizar de forma racional matérias-primas e recursos naturais, minimizando o impacto climático da atividade.

“Estamos sempre trabalhando para um mundo onde alimentos de qualidade sejam produzidos de forma sustentável e acessível”, afirma o Diretor Regional da Marel na América Latina para a indústria de pescados, Iago Torres. “Incorporamos a sustentabilidade em tudo o que fazemos para criar valor de longo prazo para os nossos clientes e um futuro melhor para as próximas gerações”, acrescenta.

Para desenvolver e aprimorar equipamentos e softwares, a Marel investe, anualmente, cerca de 6% das receitas em inovação. “A sustentabilidade está no centro do nosso processo de inovação e é incorporada em todas as nossas operações, permitindo que os nossos clientes, investidores e nós levemos a produção de alimentos sustentáveis para um nível superior”, declara Torres.

E esses investimentos são responsáveis por uma revolução na indústria pesqueira, que tem como prioridade o uso sustentável de matéria-prima, água e energia. O aumento geral da automação do processamento, impulsionado por empresas como a Marel, tem sido fator-chave para o crescimento sustentável do setor na América Latina. Plantas altamente automatizadas estão gradualmente se tornando um padrão em eficiência e produtividade e a indústria está rapidamente percebendo os enormes benefícios da digitalização e do software de controle de produção.

“A Marel tem auxiliado os processadores de pescado a aumentar a automação, o que reflete no rendimento, na qualidade e na segurança, otimizando o processamento em cada etapa da fábrica. Temos como prioridade fornecer os meios para que a indústria de pescado possa produzir alimentos seguros e de alta qualidade e, com nossas inovações, estamos impulsionando maior eficiência e sustentabilidade geral de toda a cadeia”, informa o Diretor.

A variedade de equipamentos, softwares e serviços automatizados oferecidos pela Marel para o processamento de pescados possibilita o aumento do rendimento e da utilização da matéria-prima, além de criar subprodutos valiosos que reduzem o desperdício dos alimentos em toda a cadeia de abastecimento.

Para o Brasil, por exemplo, a empresa lançou, no final de 2021, a FilleXia, equipamento de automação, até então inédito no mercado, para o processamento de tilápia. A filetadora automatiza o processo de filetagem, processando até 40 peixes por minuto. Os componentes refinados e confiáveis garantem uma produção consistente e utilização maximizada de matéria-prima. Com manipulação reduzida, faz com que o processador de alimentos tenha uma produção consistente e precisa, com baixo custo e rendimento máximo, além de garantir a segurança dos alimentos.

Segurança dos alimentos é prioridade

Para garantir a segurança dos alimentos e o mais alto padrão de qualidade, a Marel investe no desenvolvimento de tecnologias para automatizar tarefas e eliminar a chance de contaminação. Também projeta equipamentos acessíveis e fáceis de limpar. Este é o caso da SensorX, uma solução padrão da indústria para detecção de ossos, que automaticamente encontra espinhas e outros contaminantes duros em peixes.

A tecnologia, de raio X, permite que os processadores detectem e rejeitem materiais estranhos que podem ter consequências devastadoras para os consumidores e para a indústria. Esse tipo de recurso, que oferece altos níveis de consistência, precisão e qualidade, é muito superior aos processos de inspeção manual que o precederam.

Rastreabilidade da captura à mesa
As soluções de rastreabilidade oferecidas pela Marel também garantem total transparência aos consumidores, que têm acesso a todo o percurso dos produtos e podem acompanhar os padrões de segurança dos pescados da origem à etapa final de processamento.

O software de processamento de alimentos Innova fornece aos processadores rastreabilidade total dos produtos em toda a cadeia de valor. Garante informações valiosas para que possam retirar ou recolher produtos que foram identificados como inseguros ou incorretamente rotulados, contribuindo diretamente para a segurança dos alimentos, maior eficiência e nutrição aprimorada para consumidores em todo o mundo.

Compromisso com o meio ambiente
A Marel trabalha de forma contínua para reduzir a pegada de carbono direta e indireta, além de apoiar os processadores de alimentos na jornada para a mitigação das mudanças climáticas.

Está comprometida com a iniciativa de Metas Baseadas na Ciência para cumprir os propósitos do Acordo de Paris, visando à neutralidade de carbono antes de 2050. Atendeu ao apelo dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas) ao setor privado e contribui para melhorar a segurança e rastreabilidade dos alimentos, apoiar o desenvolvimento sustentável na produção de alimentos e garantir padrões sustentáveis de consumo e produção.

Também está adotando relatórios relacionados ao clima, conforme recomendado pela Força-Tarefa sobre Divulgações Financeiras Relacionadas ao Clima (TCFD), como ferramenta para compreender e agir sobre os riscos e oportunidades associados às mudanças climáticas.

“Monitoramos continuamente como as nossas operações, sistemas e soluções que oferecemos afetam a sociedade, as economias e o meio ambiente. Em parceria com nossos clientes, estamos transformando a forma como os alimentos são processados”, finaliza Iago.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.