• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
06/07/2020
Imagem: NomadSoul1, de envatoelements Imagem: NomadSoul1, de envatoelements

O mercado de pets no Brasil continua animado, apesar da pandemia do coronavírus. Apenas no primeiro trimestre do ano, as vendas online do setor cresceram 65%, segundo o Instituto Pet Brasil.

O valor movimentado saltou para quase R$ 2,5 bilhões na comparação com o mesmo período do ano passado. O sócio-diretor da Cobasi, Ricardo Nassar, disse ter ficado surpreso com o comportamento do consumidor neste momento.

Para quem ainda não tem um bichinho, a quarentena despertou a vontade de adotar um. É o que conta a veterinária do Centro de Adoção de Cães e Gatos de São Paulo, Telma Rocha Tavares.

O casal David Tanaka e Anita Ueda, por exemplo, decidiram atender a um pedido antigo dos filhos: ter um animalzinho de estimação. Eles vieram até o centro de adoção da prefeitura de São Paulo para buscar a Luna.

Segundo o Instituto Pet Brasil, entre os itens mais vendidos do mercado pet estão rações, produtos veterinários e de higiene e bem estar.

fonte: Jovem Pan, escrita por Nicole Fusco



Whatsapp