• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
27/05/2016
Imagem retirada de http://www.caesegatos.com.br/ Imagem retirada de http://www.caesegatos.com.br/

M. V. Christiane S. Prosser
Coordenadora de Comunicação Científica
Royal Canin Brasil

Christiane Prosser

Médica-veterinária julga necessário atuar na conscientização e no engajamento dos responsáveis pelo animal em relação à obesidade (Foto: divulgação)

Grande parte dos tutores não considera grave que seu pet esteja acima do peso. Embora os médicos-veterinários tenham consciência das consequências desses quadros à saúde, estudos recentes demonstraram que esses profissionais talvez não comuniquem o suficiente sobre o peso e o estado corporal do animal ao seu tutor.

Para que o programa de emagrecimento siga da forma planejada, é necessário atuar na conscientização e no engajamento dos responsáveis pelo animal. Primeiramente, o tutor tem de ter ciência de que seu pet está acima do peso. As avaliações do peso e do escore de condição corporal (ECC) são simples de realizar e podem ser usadas para gerar este entendimento. Traçar paralelos com seres humanos costuma ser uma boa estratégia, pois torna a informação mais familiar ao tutor. Por exemplo, um quilo a mais para um gato que deva ter um peso ideal de quatro quilos equivale a 16 quilos a mais para um ser humano que deva idealmente pesar 65 quilos.

O tutor deve também estar ciente dos principais erros de manejo que, provavelmente, causaram o descontrole do peso, como por exemplo o fornecimento do alimento errado em quantidade acima da necessária e de petiscos, sedentarismo etc. O acompanhamento frequente do paciente é necessário não apenas para verificar se o programa está sendo seguido corretamente, mas também para engajar o proprietário constantemente. Cabe ressaltar que, quanto mais longo for o programa, pior será a adesão dos tutores (com 3% de desistência do programa em um mês e 37% em 20 meses).

Para o melhor resultado do programa de perda de peso, é altamente recomendável o uso de alimentos coadjuvantes que auxiliem a perda de peso saudável e promovam a saciedade do animal. O controle da saciedade é peça-chave no engajamento do tutor, pois um animal que tem fome exibe comportamentos que desmotivam seu dono a seguir com o programa (que vão do comportamento “pedinte” e até a agressividade). Produtos feitos para perda de peso e controle do apetite possuem um croquete mais aerado, o que possibilita fornecer uma maior quantidade de alimento mesmo restringindo as calorias ingeridas pelo animal, o que engaja o tutor.

O diagnóstico e o tratamento da obesidade e do sobrepeso são fundamentais para garantir melhor qualidade e maior expectativa de vida e o tutor é peça-chave nesta jornada. Cabe ao médico-veterinário a tarefa de conscientizar e engajar o tutor quanto aos benefícios de se ter um pet com peso ideal, e o uso de alimentos adaptados para a perda de peso e foco em saciedade promove o emagrecimento saudável e aumenta a adesão do tutor ao programa de perda de peso. 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CASE, L. P. et al. Canine and feline nutrition. 3 ed. Mosby Elsevier: Missouri. p. 313 – 342, 2011.

DEAGLE, G.; HOLDEN, S. L.; BIOURGE, V.; MORRIS, P. J.; GERMAN, A. J. The kenetics of weight loss in obese client-owned dogs. European College of Veterinary Internal Medicine Congress, Mainz, Alemanha, Set/2014.

EASTLAND-JONES, R.C.; GERMAN, A.J.; HOLDEN, S.L.; BIOURGE, V.; PICKAVANCE, L.C. Owner misperception of canine body condition persists despite use of a body condition score chart. Journal of Nutritional Science, v. 3, e45, doi:10.1017/jns.2014.25, 2014.

GERMAN, A.J.; MORGAN, L.E. How often do veterinarians assess the bodyweight and body condition of dogs? Veterinary Record, v. 163, p. 503-505, 2008.

ROLPH, N.C.; NOBLE, P. J. M.; GERMAN, A. J. How often do primary care veterinarians record the overweight status of dogs? Journal of Nutritional Science, v. 3, e58, doi:10.1017/jns.2014.42, 2014.

- See more at: http://www.caesegatos.com.br/o-engajamento-do-tutor-fator-fundamental-para-o-sucesso-da-perda-de-peso/#sthash.CvuHrf2f.dpuf