• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
16/08/2016
Imagem retirada de http://www.otempo.com.br/interessa/turismo/para-o-pet-ficar-sem-estresse-1.1345985 Imagem retirada de http://www.otempo.com.br/interessa/turismo/para-o-pet-ficar-sem-estresse-1.1345985

 A partir de julho – mês que já virou sinônimo de descanso e diversão para muitas famílias – até janeiro, concentra-se, normalmente, a maioria das férias dos trabalhadores brasileiros, alavancadas, ainda, pela Semana da Criança, em outubro. Para quem vai viajar e não pode levar seu cãozinho, uma alternativa é deixá-lo na casa de algum amigo que ama cachorro e vai cuidar dele com todo carinho. Porém, para que a hospedagem seja a melhor possível para seu “filho peludo”, preparar a mala dele, tanto quanto a sua, é uma parte muito importante do planejamento de sua viagem.

Com base em dados apresentados pelo site de hospedagens para cachorros DogHero (www.doghero.com.br), oferecemos dez dicas importantes para não faltar nada ao seu pet durante sua ausência.

Independentemente do tempo que você vai permanecer fora, a principal preocupação é amenizar o impacto do ambiente estranho ao seu animal de estimação. Como fazer isso? Primeiro, levando todos os pertences dele para a nova casa, a fim de criar uma atmosfera que lhe seja familiar. Depois, não se esqueça de nenhum objeto, vestimenta e comida da sua marca preferida, para garantir seu total conforto mesmo longe de casa.


Dicas
Guloseimas: Deixe com o anfitrião uma sacola com as guloseimas caninas.

Vasilhames: Leve os potinhos de comida e de água.

Comida:Leve a quantidade certa de ração, para não correr o risco de o anfitrião não encontrar dessa marca.
Diversão: Leve os brinquedos favoritos dele.

Itens próprios: Para que ele fique mais confortável, leve cama, bacia e toalhas.

Aquecimento: Coberta ou manta para ele se esquentar em dias frios também não pode faltar na mala.

Look: Deixe também acessórios e roupinhas para passeios com o anfitrião.

Exclusiva: Não se esqueça da escova de pelo, um item de higiene do cão que não deve ser compartilhado.

Saúde: Não se esqueça de deixar a carteira de vacinação, as prescrições de remédios e os registros veterinários para qualquer eventualidade.

Atendimento: É imprescindível deixar o telefone do veterinário com o anfitrião.

Prevenção: Se a hospedagem for mais longa, também é bom levar remédios, como o antipulgas, e pedir ao anfitrião para usar no banho.