• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br

Para entendermos, na prática, qual a missão e os valores da empresa e colaborarmos todos com essa missão, precisamos voltar ao “Dia 1”, ou seja, ao dia da fundação.

A Ferraz certamente não foi fundada para atender mal aos clientes, deixá-los sem respostas aos questionamentos e reclamações ou então demorar semanas ou meses para enviar um orçamento.

Certamente também não foi fundada para vender equipamentos obsoletos, ultrapassados e que já não atendam mais às necessidades e expectativas dos clientes. Assim como, no dia da fundação, certamente não tínhamos como objetivo atrasar a entrega de pedidos ou apresentar uma relação custo/ benefício inferior à da concorrência.

Por isso, considero essencial que tenhamos SEMPRE foco no cliente, buscar entender a fundo quais as necessidades e os problemas que os clientes possuem para que possamos realmente ajuda-los e, mais do que isso, encantá-los.

Precisamos também focar em inovação, desenvolver melhorias aos equipamentos existentes mas também desenvolver novos equipamentos; é importante lembrar que o mundo está mudando muito rápido e em pleno processo de digitalização. Conceitos como o da “indústria 4.0” em breve serão uma realidade em 100% das indústrias e todo gerente industrial precisará saber qual seu OEE (Disponibilidade X Produtividade X Qualidade do produto produzido em determinado equipamento).

Precisamos expandir continuamente nossa carteira de serviços também, visto que, para eliminar as dores de cabeça de nossos clientes, fornecer apenas equipamentos não será suficiente, precisamos prover a solução completa e isso demanda que sejam agregados cada vez mais equipamentos e serviços ao nosso portfólio.

Precisamos tomar decisões racionais baseadas em métricas, indicadores, é fundamental sabermos trabalhar com os dados para que os tenhamos a nosso favor, nem sempre o que “achamos” ser verdade é de fato verdadeiro, por isso que, quer seja no Depto. comercial, produção, suprimentos ou marketing, dados são essenciais, e o profissional do presente e, mais ainda, do futuro, precisa saber trabalhar com dados, e entender o que os dados estão nos mostrando e o que fazer a partir dessas informações coletadas.

Precisamos melhorar continuamente o nível de conhecimento, e isso se dá através de cursos mas também através do compartilhamento de informações e conhecimento; temos na própria Ferraz especialistas em diversas áreas, desde tratamento térmico, soldagem, usinagem, projetos, vendas, marketing, recursos humanos, pintura, vejam só que oportunidade para aprender e evoluir a cada dia. Além disso, através do Google ou Youtube atualmente é possível pesquisar e aprender bastante sobre diversos temas, que tal dedicar um pouco de seu tempo a pesquisar sobre determinado assunto no qual ainda não tenha um bom domínio?

Precisamos apresentar aos clientes a melhor relação custo/ benefício do mercado, e isso só será possível se conseguirmos comprar cada item com a melhor relação de custo/ benefício do mercado, e para isso precisamos proativamente buscar os melhores fornecedores, quer seja no Brasil ou em qualquer outro país do mundo e também precisamos praticar o conceito de excelência operacional, que não pode ser apenas um conceito vago, precisamos visualizar na prática o setor dos moinhos entregando, por exemplo, 5 moinhos no mês de Maio, acima da meta que é de 4 unidades, porque conseguimos estruturar processos para que não faltassem as peças, quer sejam de usinagem, preparação ou almoxarifado e também porque alteramos alguns processos produtivos e a equipe do setor desenvolveu um excelente trabalho, assim como o consultor Lean Ricardo Ferreira. Mas, para o mês de junho, 5 unidades já serão muito pouco, precisamos buscar entregar 6 unidades, e precisamos aplicar conceitos de excelência operacional a todos os outros setores da empresa, sempre é possível melhorar um pouco mais.

A frase “não existe sucesso definitivo, o que pode ser definitivo é o fracasso” precisa ser lembrada por nós todos os dias, precisamos ter em mente que o único caminho que leva ao sucesso e ao êxito, é o trabalho duro e a melhoria contínua, isso vale para empresas mas vale também particularmente para cada profissional, quem estiver satisfeito com o resultado atual e deixar a complacência reinar certamente será surpreendido, entre tantos exemplos de empresas que já lideraram um mercado, temos a Kodak, que chegou a apresentar receitas anuais na faixa de 4 bilhões de dólares e em 2011 se viu obrigada a decretar a falência por não ter apostado nas câmeras digitais.

Certamente o caminho que estamos trilhando é o oposto ao citado anteriormente, mas precisamos sempre estar atentos e em constante evolução.