• Telefone: +55 16 3934-1055 / +55 16 3615 0055
  • E-mail: ferraz@ferrazmaquinas.com.br
29/12/2018
Imagem retirada de: https://estaticos.globoradio.globo.com/fotos/2018/06/72f103c5-d6fe-498e-96b0-53c28547f640.jpg.640x360_q75_box-0%2C45%2C960%2C585_crop_detail.jpg Imagem retirada de: https://estaticos.globoradio.globo.com/fotos/2018/06/72f103c5-d6fe-498e-96b0-53c28547f640.jpg.640x360_q75_box-0%2C45%2C960%2C585_crop_detail.jpg

Os bichinhos têm uma audição 10 vezes mais aguçada que nossa, e por isso os pets podem se sentir ameaçados com o barulho dos fogos e até mesmo se machucar na hora de buscar um abrigo. Por isso, o Café das 6 preparou uma lista com dicas para você proteger seu pet nesse ano novo. 

ACOMPANHE SEU PET - Nessas horas de medo intenso, o cachorro ou o gatinho precisa de alguém de confiança e que transmita tranquilidade para ele. Se ele ficar sozinho, pode ficar ainda mais estressado e aumentar o instinto de fuga.

ACOSTUME SEU PET - Hoje em dia, já é possível encontrar no mercado alguns CDs que reproduzem o som dos fogos de artifício. A ideia é justamente ir acostumando o bichinho aos poucos pra que no dia do ano novo ele não se assuste tanto.

FECHA TUDO - O ideal é deixar janelas e cortinas fechadas na virada do ano para amenizar o som dos fogos de artifício. É que como os cães e gatos não sabem do que se trata, eles acham que o barulho está acontecendo dentro de casa e, claro, ficam desesperados.

DISTRAIA SEU PET - Outro conselho é deixar a alimentação do animal para hora do barulho ou da reunião de pessoas. Isso vai tirar o foco dele e fazê-lo associar o som com algo positivo.

SEM REMÉDIO! - A possibilidade de dar tranquilizantes para os pets só deve ser considerada em casos severos de estresse e só se o animal foi em uma consulta e o veterinário prescreveu.

 

Fonte: Radio Globo

Whatsapp